Americanos celebram o Dia em Memória do Holocausto

Neste mês, os americanos estão celebrando o Dia em Memória do Holocausto — ou Yom HaShoah em hebraico — em que prestam homenagem às vítimas da era nazista e se comprometerem a ajudar a prevenir futuros genocídios.

Em Washington, no dia 10 de abril, o espelho d’água do Memorial Lincoln foi cercado por retratos de sobreviventes do Holocausto e, às vezes, pelos próprios sobreviventes, como parte de um evento em recordação à data este ano. E incluiu Martin Weiss (acima), que nasceu em Polana, na antiga Tchecoslováquia. Ele sobreviveu a vários campos de concentração, mas perdeu membros da família durante o Holocausto.

“Os jovens devem saber do que a humanidade é capaz”, diz Weiss, que foi libertado pelo Exército dos EUA em 1945 e foi para os EUA no ano seguinte, onde mais tarde abriu uma mercearia. Ele também faz trabalho voluntário no Museu Memorial do Holocausto dos EUA, que patrocinou a exposição ao ar livre no espelho d’água. “Você realmente tem de ser tolerante. Todos têm o direito de viver sob o sol”, disse ele como parte da série “Primeira Pessoa”* de conversas gravadas com sobreviventes do Holocausto realizada pelo museu.

 Irena Sendler, sentada e sorrindo (© Alik Keplicz/AP Images)
Irena Sendler em 2007 (© Alik Keplicz/AP Images)

Outro evento em Washington lembrou a vida de Irena Sendler. Ela era uma cidadã polonesa que desafiava os nazistas para salvar milhares de vítimas, incluindo cerca de 2.500 crianças judias, contrariando as regras e levando-as para fora do Gueto de Varsóvia. O Departamento de Estado e as Embaixadas de Israel e da Polônia patrocinaram o evento, realizado em 11 de abril. Irena, que era assistente social polonesa durante a Segunda Guerra Mundial, faleceu em 2008.

O Dia em Memória do Holocausto assinala o aniversário da Revolta do Gueto de Varsóvia. É oficialmente celebrado nos Estados Unidos este ano em 12 de abril, que corresponde ao dia 27 de Nissan no calendário hebraico.

A Assembleia Geral da ONU designou 27 de janeiro como o Dia Internacional em Memória do Holocausto, data que coincide com o aniversário da libertação de Auschwitz-Birkenau.

Em janeiro, o presidente Trump disse*: “Toda geração deve aprender e aplicar as lições do Holocausto a fim de impedir que ocorram novos horrores contra a humanidade.”

Soldados com armas apontadas para grupo de pessoas com as mãos erguidas (© AP Images)
Nesta foto de arquivo de 19 de abril de 1943, um grupo de judeus, incluindo um menino, é escoltado do Gueto de Varsóvia por soldados alemães (© AP Images)

Veja uma galeria de fotos de oito memoriais, que representam uma fração de estátuas, museus, jardins e outros memoriais em todo o mundo que homenageiam os 6 milhões de vítimas judias do Holocausto e milhões de outras vítimas do nazismo.

* site em inglês