Americanos descendentes de asiáticos ou de povos das ilhas do Pacífico que moldaram a
sociedade americana

Maio é o Mês da Herança de Americanos Descendentes de Asiáticos ou de Povos das Ilhas do Pacífico. Esta galeria de fotos apresenta alguns dos inúmeros americanos descendentes desses imigrantes que têm contribuído para a sociedade dos EUA.

Duas fotos de pessoa em pé em paisagem rochosa (Biblioteca do Congresso/Alfred A. Hart)
(Biblioteca do Congresso/Alfred A. Hart)

Este estereógrafo do século 19 (de cerca de 1865) mostra um trabalhador ferroviário chinês com uma vara no ombro.

Cerca de 12 mil trabalhadores chineses foram contratados para construir a linha férrea do Pacífico Central da ferrovia transcontinental que ligaria as Costas Oeste e Leste dos Estados Unidos. Eles realizaram trabalhos perigosos, como explodir túneis por entre cordilheiras.


Homem e mulher se abraçando (© AP Images)
(© AP Images)

Daniel Inouye abraça sua esposa, Maggie, após vencer a eleição para a Câmara dos Deputados dos EUA no Havaí em 29 de julho de 1959. Inouye foi a primeira pessoa de ascendência japonesa a servir no Congresso. Posteriormente, ele foi eleito para o Senado dos EUA, onde serviu até sua morte em 2012.

Inouye perdeu o braço direito durante a Segunda Guerra Mundial enquanto servia na 442ª Equipe de Combate Regimental do Exército dos EUA, composta por soldados de ascendência japonesa. Ele ganhou vários prêmios militares. Em 2013, foi premiado postumamente com a Medalha Presidencial da Liberdade, tornando-se o primeiro — e até o momento, o único — senador a receber a Medalha da Liberdade e a Medalha da Honra.


Mulher entrevistando outra mulher (© Charles Ommanney/Getty Images)
(© Charles Ommanney/Getty Images)

A premiada jornalista Ann Curry, à esquerda, entrevista a primeira-dama Laura Bush em uma sala de aula em Khayelitsha, perto da Cidade do Cabo, na África do Sul, em 12 de julho de 2005.

Nascida em Guam, Ann relatou vários conflitos e desastres humanitários em todo o mundo, incluindo os tsunamis no Sudeste da Ásia e no Japão, e o terremoto de 2010 no Haiti.


Satya Nadella sorrindo (© Ted S. Warren/AP Images)
(© Ted S. Warren/AP Images)

Satya Nadella, CEO da Microsoft Corporation, ouve uma pergunta durante a reunião anual de acionistas da Microsoft em Bellevue, Washington, em 2018.

A revista Fortune nomeou Satya Nadella Empresário do ano em 2019, ressaltando seu estilo de “liderança baseada em resultados e em trabalho de equipe”. Ele é natural de Hyderabad, na Índia.


Homem sentado em escada anexada a aeronave (Guarda Aérea Nacional dos EUA/Segundo-sargento John Hughel)
(Guarda Aérea Nacional dos EUA/Segundo-sargento John Hughel)

O coronel Jeff Hwang, vice-comandante da 142º Esquadrilha de Caças, faz uma pausa na escada do seu avião F-15C Eagle em 2014 antes de seu último voo e de se aposentar da Força Aérea dos EUA. Na aeronave há duas estrelas verdes pintadas, que foram adicionadas para seu voo final. Elas representam os dois Mikoyan MiG-29 que ele abateu sobre o Kosovo em 26 de março de 1999.

O piloto coreano-americano recebeu o Troféu Mackay 1999, concedido por ter realizado o “voo mais meritório do ano” na Força Aérea dos EUA. Ele ganhou o troféu por seu voo pilotando o avião F-15C durante operações de combate em apoio à Operação Força Aliada, quando derrubou simultaneamente duas aeronaves inimigas.


Mulher andando em canteiro de obras (© John McDonnell/The Washington Post/Getty Images)
(© John McDonnell/The Washington Post/Getty Images)

Maya Lin, arquiteta americana e designer de ascendência chinesa, visita o canteiro de obras do Memorial aos Veteranos do Vietnã em Washington em 12 de julho de 1982.

Maya venceu um concurso para fazer o projeto do memorial em meio a mais de 1.400 outras inscrições. Ela tinha 21 anos e ainda era estudante na Universidade de Yale em 1981, quando seu projeto proposto venceu.


Homem visto através de garrafas de molho vermelho (© Irfan Khan/Los Angeles Times/Getty Images)
(© Irfan Khan/Los Angeles Times/Getty Images)

David Tran, proprietário da Huy Fong Foods Inc., que produz o molho picante Sriracha, discursa em um evento em 2015.

Tran deixou o Vietnã como refugiado em 1979 no Huey Fong, cargueiro de Taiwan que inspirou o nome da empresa que ele criou um ano depois em Los Angeles.