Mais de 50 países apoiam Juan Guaidó da Venezuela

Desde que Juan Guaidó assumiu as responsabilidades de presidente interino em 23 de janeiro, mais de 50 países o reconheceram como o líder interino legítimo da Venezuela. A lista crescente de países inclui:

Albânia, Alemanha, Andorra, Argentina, Austrália, Áustria, Bahamas, Bélgica, Brasil, Bulgária, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Croácia, Dinamarca, El Salvador, Equador, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Finlândia, França, Geórgia, Grécia, Guatemala, Haiti, Holanda, Honduras, Hungria, Ilhas Marshall, Irlanda, Islândia, Israel, JapãoKosovo, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Malta, Marrocos, Micronésia, Montenegro, Panamá, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Reino Unido, República da Coreia, República Dominicana, República Tcheca, Romênia e Suécia.

Uma versão deste artigo foi publicada anteriormente em 15 de fevereiro.