EUA celebram a Lei do Direito ao Voto

Após a Guerra Civil, a Constituição dos EUA foi alterada para garantir que o direito ao voto não possa ser negado a nenhum cidadão com base em raça, cor ou condição anterior de servidão. No entanto, em pleno no século 20, alguns estados continuaram negando a afro-americanos o direito de votar.

Estados usaram impostos para votar, testes de alfabetização e intimidação a fim de suprimir o voto de minorias. Sancionada em 6 de agosto de 1965, a Lei do Direito ao Voto fez valer o direito ao voto garantido pela Constituição ao proibir leis locais que discriminassem eleitores pertencentes a minorias. Como resultado, o recenseamento eleitoral entre os afro-americanos disparou.