EUA passa presidência do Conselho do Ártico para a Finlândia

As nações e os povos da parte mais setentrional da Terra se reúnem nos dias 10 e 11 de maio no Alasca para abordar desafios comuns da região e celebrar 20 anos do Conselho do Ártico*.

Os Estados Unidos presidem o Conselho do Ártico desde 2015. O secretário de Estado, Rex Tillerson, estará presente para passar oficialmente a presidência de dois anos do Conselho para a Finlândia.

Durante sua presidência, os EUA direcionaram os esforços do Conselho do Ártico para:

  • ampliar as oportunidades de desenvolvimento econômico na região do Ártico.
  • reforçar a proteção, a segurança e a gestão.
  • fortalecer o potencial de resiliência e adaptação das comunidades árticas.

Canadá, Dinamarca, Islândia, Noruega, Rússia e Suécia integram os Estados-membros do Conselho.

Funcionários dessas nações e seis organizações que representam as comunidades indígenas do Ártico se reúnem regularmente há 20 anos para compartilhar ideias sobre segurança, desenvolvimento sustentável e proteção ambiental.

Saiba mais sobre o Conselho e seus esforços durante a presidência dos EUA, que incluem o aprimoramento da cooperação de busca e salvamento e as condições de vida na região:

* site em inglês e russo