Grandes mudanças em vista para a nota de US$ 10.

Uma cédula redesenhada terá a imagem de uma mulher americana notável.

“Nós só fizemos alterações nos rostos impressos em nossa moeda algumas vezes desde que as cédulas foram colocadas em circulação pela primeira vez, e estou orgulhoso de que a nova cédula de US$ 10 será a primeira em mais de um século a ter o retrato de uma mulher”, afirmou o secretário do Tesouro, Jacob Lew, em 17 de junho.

A esposa de George Washington, Martha, apareceu em certificados de prata de US$ 1 no final do século 19.

O Departamento do Tesouro está buscando sugestões do público para qual mulher aparecerá na moeda. As pessoas estão enviando sugestões* usando a hashtag “#TheNew10”* (a nova cédula de dez, em tradução livre) nas mídias sociais. Durante o terceiro trimestre, funcionários do Tesouro também vão realizar reuniões públicas, mesas redondas e outros encontros para coletar sugestões dos cidadãos comuns.

Burburinhos iniciais indicam que os americanos estão considerando as seguintes líderes femininas:

  • Harriet Tubman: Escrava fugida, Harriet se tornou uma das principais abolicionistas dos Estados Unidos. Posteriormente, lutou pelo sufrágio feminino.
  • Eleanor Roosevelt: Esta ativista em prol dos direitos das mulheres e dos direitos civis supervisionou a redação da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Ela era esposa do presidente Franklin D. Roosevelt.
  • Rosa Parks: Este ícone dos direitos civis conhecida como “a primeira-dama dos direitos civis” ficou famosa por se recusar a ceder seu assento a um homem branco em um ônibus segregado no Alabama.
  • Wilma Mankiller: A primeira chefe do sexo feminino da nação cherokee e uma inspiração para as mulheres ao receber a Medalha Presidencial da Liberdade de Bill Clinton em 1998.

O Tesouro vai anunciar sua escolha daqui a vários meses. A cédula redesenhada será revelada em 2020, o 100º aniversário da Emenda 19 da Constituição dos EUA, que concedeu às mulheres o direito de votar.

“É muito importante enviar o sinal de quão importante é reconhecer o papel que as mulheres têm desempenhado em nossa vida nacional e em nossa história nacional por um longo período de tempo, realmente, desde o início”, disse Lew** em entrevista.

As notas de US$ 10 existentes – que apresentam um retrato de Alexander Hamilton, o pai do sistema bancário dos EUA – continuarão a ter curso legal, mesmo depois de a nova cédula entrar em circulação. Lew disse que a imagem de Hamilton permanecerá de alguma forma na nota de US$ 10.

* site em inglês
** vídeo em inglês