Líderes mundiais condenam a Rússia por ataque com agente neurotóxico

Em uma declaração conjunta, os líderes de Estados Unidos, França, Alemanha e Reino Unido criticaram o ataque de 4 de março no Reino Unido contra o cidadão britânico Sergei Skripal e sua filha. Durante o incidente, um agente neurotóxico de nível militar fabricado na Rússia foi utilizado. Os líderes afirmam que a Rússia estava por trás do ataque, observando que não há “nenhuma explicação alternativa plausível”.

Fotos de Donald Trump, Emmanuel Macron, Angela Merkel e Theresa May lado a lado (© AP Images) abaixo de citação parcial em que se lê: “Nenhuma explicação alternativa plausível (...)” (Depto. de Estado)
Depto. de Estado)