Abram caminho para os Maccabeats

14

Em 2007, quando os Maccabeats se uniram na Universidade Yeshiva em Nova York e formaram um grupo, seus integrantes não imaginavam que um dia cantariam na Casa Branca e chegariam a milhões de pessoas com suas músicas inspiradas no Judaísmo tradicional.

“As pessoas fazem piada dizendo que entramos para a Universidade Yeshiva, cujo time esportivo é o Maccabees, e por não termos conseguido fazer parte do time de basquete, criamos um grupo de canto”, disse Julian Horowits, diretor musical do grupo.

Na verdade, afirma Horowitz, eles eram apenas amigos que gostavam de cantar juntos, recorrendo a um estilo denominado à capela (ou a cappella), que não envolve nenhum instrumento musical.

O nome Maccabees é familiar aos membros do grupo por ser uma referência a lendários líderes de um exército rebelde judaico no século 2o. O grupo explica sua herança judaica através de melodias fáceis de lembrar.

O grupo chegou ao topo em 2010 quando os integrantes decidiram criar um vídeo de férias para familiares e amigos. Eles adaptaram a letra da música “Dynamite” de autoria do rapper inglês Taio Cruz para contar a história do Chanucá. O resultado foi “Candlelight” e se tornou uma sensação inesperada no YouTube. (Assista a um trecho do vídeo abaixo)

Até o momento, o vídeo possui 12,5 milhões de visualizações. “O vídeo nos lançou neste caos impressionante”, disse Horowitz.

Seguiu-se uma sequência constante de vídeos. Eles combinaram paródias lúdicas da música popular com a tradição judaica. Isso inclui um “mash-up”, ou seja, mistura de músicas de Páscoa com as do Justin Bieber, que combina diversas músicas de Bieber com a explicação sobre o feriado de oito dias. “Um Chanucá de Hamilton” é uma homenagem ao musical da Broadway sobre o primeiro secretário do Tesouro dos EUA.

As apresentações ao vivo dos Maccabeats aumentaram para 60 ao ano. O grupo apareceu duas vezes na Casa Branca. Para o aniversário de Martin Luther King em 2016, o grupo lançou um vídeo com o Naturally 7, grupo à capela afro-americano em que todos os integrantes são do sexo masculino.

“Sempre queremos cantar músicas com mensagens positivas”, declarou Horowitz, “quer a mensagem esteja demonstrando orgulho das tradições de alguém e orgulho de sua herança ou até mesmo apenas sendo otimista sobre si mesmo”.

Grupo de homens de pé cantam sobre o gelo (© AP Images)
Os Maccabeats cantam o hino nacional dos EUA antes de uma partida da Liga Nacional de Hóquei (© AP Images)

O Mês da Herança Judaico-Americana é comemorado em maio nos Estados Unidos.