Malala Yousafzai: a mais nova mensageira da paz da ONU

A adolescente Malala Yousafzai — que ganhou o Prêmio Nobel da Paz por promover os direitos das meninas — agora detém a mais alta honraria concedida pelo chefe da ONU a um cidadão global.

“É importante que as meninas entendam que sua ação e sua voz são importantes, e são necessárias agora”, a jovem de 19 anos disse após uma cerimônia em 10 de abril onde foi oficialmente designada Mensageira da Paz da ONU. Ela é a pessoa mais jovem a ser homenageada.

Nações Unidas: Malala Yousafzai é a mais jovem designada Mensageira da Paz da ONU a se concentrar na educação das meninas. https://t.co/2FxkWNItaQ @UN

Tal distinção não é novidade para ela. Malala se tornou a mais jovem ganhadora do Prêmio Nobel da Paz em 2014, quando foi reconhecida por sua defesa do direito de todas as crianças à educação. Anteriormente, seu ativismo na causa pela educação das meninas resultou em um atentado contra sua vida por um integrante do Taleban. A tentativa de assassinato, perto de sua casa no noroeste do Paquistão, a deixou gravemente ferida. Ela foi para a Grã-Bretanha a fim de receber tratamento médico e agora frequenta uma escola.

“Esta é uma nova vida, uma segunda vida, e o propósito é a educação”, afirmou Malala, que espera frequentar a universidade no quarto trimestre para estudar Filosofia, Política e Economia.

O secretário-geral Antonio Guterres enalteceu Malala por seu compromisso em relação aos direitos das meninas e de todas as pessoas. “Seu ativismo corajoso em prol da educação das meninas já energizou tantas pessoas ao redor do mundo”, disse ele.

Entre outros mensageiros da paz estão os atores Michael Douglas e Leonardo DiCaprio, os músicos Daniel Barenboim e Yo-Yo Ma, e a primatologista Jane Goodall.