Nome de Martin Luther King é lembrado em ruas pelo mundo

Em quase todos os cantos do mundo, você encontrará milhares de ruas com o nome de Martin Luther King, prova de que seu impacto e legado de resistência não violenta perduram.

Entre os países com ruas que receberam o nome de King estão: África do Sul, Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Brasil, Camarões, Chipre, Dinamarca, Espanha, França, Haiti, Índia, Israel, Madagascar, México, Níger, Panamá, Peru, Portugal, Romênia, Suriname, Tanzânia e Togo, de acordo com o OpenStreetMap, mapa-múndi de código aberto do mundo criado por voluntários.

“Isso realmente demonstra o impacto global que King e seus ensinamentos sobre os direitos civis estavam tendo em todo o mundo”, disse Derek Alderman, professor de Geografia da Universidade do Tennessee, em Knoxville.

Em fevereiro, os americanos celebram King e outros afro-americanos notáveis ​​durante o Mês da História do Negro Americano.

Close de placas de rua com casas ao fundo (© Michael S. Williamson/The Washington Post/Getty Images)
Imagem da Avenida Martin Luther King Jr. no sudeste de Washington em 16 de janeiro de 2009 (© Michael S. Williamson/The Washington Post/Getty Images)

Haarlem, na Holanda, se tornou uma das primeiras cidades fora dos EUA a batizar uma rua com o nome de King, disse Alderman. Menos de um mês após o assassinato de King em 1968, os líderes da cidade votaram para dar o nome dele a uma via pública, que acabou sendo chamada de Martin Luther Kinglaan. Em Gelderland, na Holanda, as ruas em homenagem a King e Mahatma Gandhi são conectadas — King foi influenciado pelos ensinamentos de Gandhi e visitou a Índia em 1959.

King é famoso por usar táticas não violentas, incluindo boicotes e marchas, para ajudar a garantir os direitos civis dos afro-americanos. O movimento pelos direitos civis nos EUA representou um momento decisivo, e os ensinamentos de King ressoaram em todo o mundo, disse Alderman.

King, vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 1964, conquistado por seu trabalho, consolidou sua reputação global. Posteriormente em sua vida, King lutou pelos direitos dos trabalhadores e contra a pobreza.

Nos Estados Unidos, o aniversário de King é observado como feriado federal na terceira segunda-feira de janeiro. Ele nasceu em 15 de janeiro de 1929.

“Existe um maior legado da história sobre quem King foi e o que ele significou para as pessoas”, disse Alderman.

Este artigo foi escrito pela redatora freelance Lenore T. Adkins.