O 4 de Julho em fotos: a maior festa de aniversário dos EUA

É uma festa de aniversário para todos, jovens e idosos. É realizada em parques de diversões, parques públicos, praias e ruas, e também nos quintais das pessoas. É o 4 de Julho — Dia da Independência — o aniversário dos Estados Unidos da América.

O dia 4 de julho de 1776 foi o ponto culminante de uma batalha muito disputada em defesa do direito dos americanos à autogovernança e ao regime democrático. Os EUA apoiam as pessoas em todo o mundo que hoje lutam por essas mesmas liberdades.

Em 3 de julho de 1776, em antecipação ao Congresso Continental que adotou a Declaração de Independência, John Adams* escreveu a sua esposa que o dia “será celebrado, pelas sucessivas gerações, como o grande festival de aniversário. Deve ser solene com pompa e desfiles, com [shows], jogos, esportes, armas, sinos, fogueiras e iluminações de um lado a outro deste continente a partir deste momento em diante, para sempre”.

Homem ergue criança no ar (© Jonathan Bachman/Discovery Communications/AP Images)
(© Jonathan Bachman/Discovery Communications/AP Images)
Pai e filha desfrutam do Quatro de Julho em Waveland, Mississippi.

 

Fireworks over New York City (© Roy Rochlin/Getty Images)
(© Roy Rochlin/Getty Images)

Fogos de artifício do Quatro de Julho da cidade de Nova York vistos da cobertura de um edifício na cidade de Long Island


 

Muitas pessoas reunidas em gramado assistindo a fogos de artifício (© C. Taylor Crothers/Getty Images)
(© C. Taylor Crothers/Getty Images)

Enquanto isso, no leste do Rio Hudson, na cidade de Nova York, as pessoas se reúnem no gramado enquanto os fogos de artifício lançavam um brilho misterioso sobre as celebrações que aconteciam no solo


 

 

Mulher finca a bandeira dos EUA em um campo gramado (© AP Images)
(© AP Images)

As bandeiras tremulam durante as celebrações em piqueniques e churrascos, lembrando a todos do hino nacional dos Estados Unidos, “Bandeira Estrelada*”. Na música, a bandeira representa a esperança e a perseverança americanas contra todas as expectativas. Esta mulher finca bandeiras no chão no Liberty State Park, em Jersey City, Nova Jersey, como preparativo para as multidões que irão assistir aos fogos de artifício em frente à Estátua da Liberdade, que fica a poucos quilômetros de lá. 


 

Pessoas assistindo aos fogos de artifício a partir de uma janela de andar alto de um prédio com vista para a cidade (© AP Images)
(© AP Images)

As festas de 4 de Julho em edifícios muito altos oferecem aos convidados uma vista panorâmica. Nesta foto, espectadores assistem aos fogos de artifício de um hotel em Las Vegas. Os americanos comemoraram com fogos de artifício desde 1777*, quando a Filadélfia marcou o primeiro aniversário da Declaração de Independência com uma queima de fogos no Salão da Independência*.


 

Menino em bicicleta decorada ao longo do percurso do desfile (© AP Images)
(© AP Images)

Os americanos adoram um desfile, e há provavelmente mais desfiles em todo o país no Dia da Independência do que em qualquer outro dia do ano. Qualquer pessoa pode participar, desde bandas a pessoas montadas em cavalos e meninos em triciclos* em Lauderdale-by-the-Sea, na Flórida.


 

Three women embracing (© Carolyn Van Houten/The Washington Post/Getty Images)
(© Carolyn Van Houten/The Washington Post/Getty Images)

Estefany Galindo, natural de Honduras, abraça suas colegas de trabalho e amigas Maria Reiss, à direita, e Cynthia Lansden, à esquerda, após a Cerimônia de Naturalização da Festa da Independência na Faculdade Comunitária South Mountain, em Phoenix. Os Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA realizaram mais de 50 cerimônias de naturalização nos Estados Unidos entre 1º e 4 de julho de 2018 para mais de 4 mil novos cidadãos dos EUA.


 

Homens, mulheres e crianças assistem a show ao ar livre (© AP Images)
(© AP Images)

Shows de música são abundantes no Dia da Independência. Do jazz às músicas country e clássica, além do rock ‘n’ roll, a música reflete a diversidade das tradições culturais dos Estados Unidos. Aqui uma multidão marca o feriado nacional assistindo à apresentação do cantor de rhythm-and-blues Peabo Bryson* no Parque Centenário de Atlanta, em Atlanta.


 

Jogadores de beisebol uniformizados sentados no gramado assistem a show de fogos (© AP Images)

Beisebol* e Dia da Independência vão bem juntos assim como salsicha e pão. O jogo cresceu em popularidade de Nova York para o restante do país após a Guerra Civil, ajudando a reunificar a nação. Este jogador do Kansas City Royals assiste aos fogos de artifício depois de uma partida realizada no Estádio Kauffman*, em Kansas City, no Missouri.

Uma versão deste artigo foi publicada em 30 de junho de 2017.

* site em inglês