Os líderes mundiais se reunirão em breve em Paris a fim de discutir o novo acordo sobre as mudanças climáticas. A COP21, que é como as negociações são chamadas, terá como objetivo manter o aquecimento global abaixo de 2 graus Celsius, através da adoção de limites obrigatórios no que se refere aos gases de efeito estufa.

Mas essa medida, por si só, não será suficiente para combater o que o presidente Obama chama de maior ameaça às futuras gerações. Obama e o restante do mundo contam com jovens como você para ajudar.

Portanto, o que você pode fazer? Muito, de acordo com Jackson Dougan, pesquisador do Fundo de Defesa do Meio Ambiente e ex-jovem observador da ONU.

Estipule um preço para as mudanças climáticas

Enquadrar as consequências das mudanças climáticas em termos econômicos é uma maneira poderosa de chamar a atenção dos formuladores de políticas e líderes empresariais, afirma Dougan. Uma variedade de organizações publicam dados que você pode utilizar a fim de defender uma ação. Exemplos:

  • O Citigroup avalia* que o mundo perderá até US$ 44 trilhões em PIB até 2060 se não agir para combater as mudanças climáticas.
  • De acordo com o Projeto de Negócios de Risco*, as ondas de calor causadas pelas mudanças climáticas custarão aos agricultores dos EUA dezenas de bilhões de dólares em rendimentos devido à perda de lavouras.
  • As perdas anuais decorrentes de inundações relacionadas ao clima em Mumbai poderão alcançar US$ 6,4 bilhões até 2050, de acordo com um estudo publicado na revista on-line Nature Climate Change* (Mudanças Climáticas na Natureza, em tradução livre).

Demonstrar a maneira pela qual as práticas ambientais impulsionam o resultado financeiro das empresas também é uma maneira eficaz de mobilizar o setor privado a redefinir os “procedimentos habituais”.

Adote medidas no âmbito local para ter um impacto global

O combate às mudanças climáticas pode começar em casa, acrescenta Dougan, se você fizer mais escolhas sustentáveis em sua própria vida. A tecnologia pode ajudar.

Os software de hoje podem lhe dar dicas de eficiência energética com base em seu consumo, ao passo que uma nova geração de dispositivos portáteis baratos podem lhe ajudar a monitorar a qualidade do ar do lugar em que você mora. A tecnologia verde proporciona opções de transporte alternativo que são boas para o meio ambiente e para o seu bolso.

Não sabe por onde começar? Se você é estudante universitário, pode aprender mais e se encontrar com pessoas com ideias semelhantes ao se juntar a grupos ativos no desenvolvimento de comunidades sustentáveis. Organizações religiosas oferecem uma outra maneira de se envolver em questões relacionadas ao clima.