No Dia do Trabalho, os americanos homenageiam as contribuições dos trabalhadores para os Estados Unidos. Os pais do poeta americano recentemente laureado Juan Felipe Herrera criaram seus filhos enquanto eram trabalhadores migrantes, primeiro em fazendas no Texas e depois na Califórnia.

Hoje, a economia agrícola dos EUA depende de aproximadamente 1 milhão de trabalhadores agrícolas contratados. E um terço deles trabalham na Califórnia e no Texas.

“Meu pai foi um trabalhador desde sempre”, disse Herrera. “Ele veio aos Estados Unidos nos anos 1890 e trabalhou em plantações colhendo uvas em pequenos ranchos, assim como minha mãe.” (Quando Herrera nasceu, seu pai tinha 66 anos de idade.)

Em um poema escrito para ShareAmerica, Herrera recorda a vida de seus antepassados, e sua irmã prepara uma refeição usando pimentas que foram colhidas por trabalhadores dos dias de hoje.

Texto do poema intitulado “"Peeling Chile Green with my Sister Sara, Brazito, New Mexico, 2014" (Descascando pimentas verdes com minha irmã Sara, Brazito, Novo México, 2014, em tradução livre) inserido em um gráfico