O vírus Mers ganhou esse nome — sigla em inglês para síndrome respiratória do Oriente Médio — porque apareceu primeiro na Arábia Saudita. Mas se espalhou para 25 outros países, inclusive, mais recentemente, para a Ásia Oriental. Um surto do vírus Mers na Coreia do Sul matou 33 das 182 pessoas que contraíram a doença.

Eu tenho o vírus?

Esses são os sintomas* mais comuns que o Mers apresenta:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar

Sintomas gastrointestinais, como diarreia e náusea/vômito, também são associados ao Mers.

Claro que esses sintomas podem ter muitas causas. Mas os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) dizem que, se você tem esses sintomas até 14 dias depois de viajar pela Península Arábica (ou após ter contato com alguém que viajou para a região), deve procurar seu médico. O mesmo vale para o caso de você apresentar os sintomas até 14 dias depois de passar por uma unidade de saúde na Coreia do Sul.

Enfrentando o vírus

Depois dos surtos de Sars (síndrome respiratória aguda e grave), outra doença respiratória causada por vírus, a comunidade internacional melhorou sua capacidade de identificar e compartilhar informações sobre novos casos. Hoje, essas ferramentas ajudam muito no combate ao vírus Mers. A Organização Mundial da Saúde** tem um papel fundamental nessa luta e mantém uma página com respostas para as perguntas mais frequentes sobre a doença.

Não existe um medicamento eficaz contra o Mers… ainda. Mas os EUA e a China estão trabalhando juntos para criar um. Um esforço conjunto localizado na Universidade de Fudan trabalha arduamente para isso. Na universidade, cientistas estão testando a segurança e a eficácia de seus medicamentos.

Você também pode desempenhar um papel nessa luta. E é simples: começa ao lavar as mãos e com uma boa higiene. Mas há outras coisas que você pode fazer. Os CDC sugerem:

  • Lave as mãos frequentemente com sabão e água por 20 segundos e ajude as crianças pequenas a fazerem o mesmo. Se não há água e sabão, use desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Cubra o nariz e a boca com um lenço de papel quando tossir ou espirrar e depois jogue o lenço no lixo.
  • Evite tocar os olhos, nariz e boca com as mãos sujas.
  • Evite contato pessoal, como beijar ou compartilhar talheres e copos, com pessoas doentes.
  • Limpe e desinfecte superfícies e objetos que são tocados com frequência, como maçanetas.

*site em inglês
**site em inglês, espanhol e outros quatro idiomas