Muitas empresas estão investindo em um futuro melhor para todos. Elas estão enfrentando a crise climática, analisando as cadeias de suprimentos para identificar se existe trabalho forçado e rompendo laços com quem viola os direitos humanos.

O Departamento de Estado dos EUA está atualizando o Plano de Ação Nacional dos EUA sobre Conduta Empresarial Responsável. Pessoas de todo o mundo podem enviar suas sugestões até 31 de maio. Publicado pela primeira vez em dezembro de 2016, o Plano de Ação descreve maneiras das quais o governo dos EUA incentiva as empresas americanas a se comportarem de forma responsável no exterior.

O Plano de Ação reflete o apoio de longa data do governo dos EUA aos princípios internacionais de conduta empresarial responsável, conforme descrito nas Diretrizes para Empresas Multinacionais sobre Conduta Empresarial Responsável*, desenvolvidas pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico, e nos Princípios Orientadores da ONU sobre Negócios e Direitos Humanos*.

O secretário de Estado, Antony Blinken, anunciou planos para atualizar o Plano de Ação em 16 de junho de 2021, como parte de um esforço governamental para melhorar e expandir os esforços visando promover negócios responsáveis.

“As empresas podem fornecer apoio crucial aos princípios democráticos, incluindo o respeito aos direitos humanos e trabalhistas. Elas têm a capacidade de ajudar a moldar a sociedade e o meio ambiente aumentando os salários locais, melhorando as condições de trabalho, desenvolvendo confiança com as comunidades e operando de forma sustentável”, disse Blinken à época*. “Como resultado, as empresas desempenham um papel fundamental no combate às violações dos direitos humanos, inclusive em todas as suas cadeias de valor.”

Consumidores exigem ação   

O subsecretário de Estado para o Crescimento Econômico, Energia e Meio Ambiente, Jose Fernandez, afirma que os consumidores exigem cada vez mais que os produtos passem por cadeias de suprimentos responsáveis. Também disse ​​que o governo dos EUA está comprometido em apoiar práticas comerciais responsáveis.

“Valorizo o foco na necessidade de as empresas agirem com responsabilidade em todas as suas operações e práticas”, disse Fernandez através de uma postagem em um artigo de 1º de dezembro de 2021*. “As empresas podem prosperar fazendo o bem.”

Os princípios fundamentais de negócios responsáveis ​​incluem:

• Enfatizar as contribuições positivas que as empresas podem fazer para o progresso econômico, ambiental e social.

• Comprometer-se com esforços robustos de devida diligência que identifiquem e mitiguem os impactos adversos da conduta de negócios e reparem as violações.

• Garantir que as empresas estejam cientes das obrigações legais e ajam em conformidade com elas no âmbito de suas cadeias de suprimentos dentro e fora do país.

A atualização é uma das muitas maneiras das quais o governo dos EUA incentiva as empresas a atuar com responsabilidade. Desde 1999, o Prêmio de Excelência Corporativa* do Departamento de Estado reconhece empresas americanas que realizam um bom trabalho no exterior, incluindo aquelas que estão melhorando os rendimentos dos agricultores, promovendo a equidade de gênero e enfrentando a crise climática.

A fim de fornecer sugestões para a atualização do Plano de Ação Nacional dos EUA sobre Conduta Empresarial Responsável, visite o site do Registro Federal dos EUA*.

* site em inglês