Parcerias dos EUA aumentam a prosperidade do Indo-Pacífico

Secretário Pompeo discursando em um púlpito (Depto. de Estado/Ron Przysucha)
O secretário de Estado dos EUA, Michael R. Pompeo, discursa em Jacarta, Indonésia, sobre a importância dos direitos inalienáveis em 29 de outubro (Depto. de Estado/Ron Przysucha)

Os Estados Unidos estão fortalecendo laços de longa data com nações asiáticas a fim de apoiar a recuperação econômica face à Covid-19 e impulsionar a prosperidade na região.

Durante uma viagem de 25 a 30 de outubro, o secretário de Estado, Michael R. Pompeo, se reuniu com altos funcionários de cinco países do Sul e do Leste da Ásia com o intuito de promover parcerias econômicas e estratégicas com base em valores compartilhados.

“Somos democracias vibrantes e diversificadas, e honramos a liberdade religiosa”, disse Pompeo*, após sua reunião em 29 de outubro com o ministro das Relações Exteriores da Indonésia, Retno Marsudi. “Respeitamos a liberdade dos mares, a soberania e o Estado de Direito.”

Ao longo da viagem, Pompeo enfatizou que o respeito à democracia, aos direitos humanos e à liberdade religiosa são essenciais para a paz e a prosperidade duradouras.

Pompeo ressaltou que os Estados Unidos doaram US$ 11 milhões com o objetivo de ajudar a Indonésia a combater a Covid-19. E disse que a Corporação Internacional de Financiamento do Desenvolvimento dos EUA está preparada para promover o investimento do setor privado visando apoiar os planos que o país tem de investir bilhões de dólares em desenvolvimento de infraestrutura.

Tuíte
Secretário Pompeo: Conversa produtiva com o presidente do Sri Lanka, Gotabaya Rajapaksa, sobre a recuperação e o desenvolvimento econômicos pós-pandemia, e a importância de nossa parceria visando impulsionar o comércio e os investimentos sustentáveis ​​e transparentes que beneficiam o povo do Sri Lanka. @SecPompeo @GotabayaR

Os Estados Unidos apoiam uma região livre, aberta e próspera do Indo-Pacífico. Em novembro de 2017, o governo Trump anunciou uma estratégia para a região baseada na crença de que as nações devem ser independentes e fortes, e não ser satélites de nenhum outro Estado.

Durante uma reunião em 28 de outubro com o presidente do Sri Lanka, Gotabaya Rajapaksa, Pompeo discutiu planos para a recuperação pós-pandemia e o desenvolvimento econômico constante. Em pronunciamento a repórteres, ele enfatizou a importância do investimento contínuo do setor privado, ressaltando que empresas dos EUA têm criado empregos de alta qualidade no Sri Lanka.

“Essas empresas americanas são os parceiros mais confiáveis ​​do planeta”, disse Pompeo*. “Elas cumprem a lei, são transparentes, são ativos para as comunidades em que atuam.”

Em 28 de outubro, Pompeo parabenizou o presidente das Maldivas, Ibrahim Mohamed Solih, pelo progresso no fortalecimento das instituições democráticas nos últimos anos. E anunciou planos de abrir uma embaixada dos EUA nas Maldivas, parte do compromisso dos Estados Unidos com a região.

Tuíte:
Secretário Pompeo: A Reunião Ministerial 2+2 entre os EUA e a Índia de hoje foi um sucesso. O vínculo entre nossas nações é construído com base em uma longa amizade, parceria e vibrantes tradições democráticas. Obrigado S. Jaishankar, Mark T. Esper e Rajnath Singh por mais um diálogo de sucesso. @SecPompeo @DrSJaishankar @EsperDoD @rajnathsingh

Em 27 de outubro, Pompeo se juntou ao secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, na Índia, para a terceira Reunião Ministerial 2+2 com seus pares a fim de discutir a Parceria Estratégica Global Abrangente dos EUA e da Índia, e promover a estabilidade regional na região do Indo-Pacífico.

Empresas americanas já investiram US$ 20 bilhões na Índia durante 2020, de acordo com um informativo do Departamento de Estado*. Pompeo observou que profissionais de saúde dos EUA e da Índia estão trabalhando em conjunto para combater a Covid-19. E disse que os setores privados dos dois países estão promovendo tratamentos para a doença.

“Estou feliz em dizer que os Estados Unidos e a Índia estão adotando medidas para fortalecer nossa cooperação contra todos os tipos de ameaças”, disse Pompeo* após a reunião ministerial. “Também estou confiante de que nossas duas nações trabalharão juntas de maneiras novas e melhores visando atender às necessidades de infraestrutura da região.”

* site em inglês