Por meio do programa Parques Irmãos, os parques nacionais dos Estados Unidos compartilham a missão de zelar pelo meio ambiente com parques semelhantes em todo o mundo.

Os países participantes firmam um acordo de cinco anos*, supervisionado pelo Escritório de Assuntos Internacionais do Departamento de Estado dos EUA, com os Estados Unidos permitindo que guardas-florestais de ambas as nações compartilhem dicas de conservação e melhores práticas para cuidar de parques, sítios e monumentos importantes.

Mais de três dúzias de parcerias do programa Parques Irmãos conectam parques nos Estados Unidos a outros em 32 países.

Aqui estão cinco dessas parcerias do programa Parques Irmãos, unidas através do objetivo comum de proteger a Terra e sítios culturais importantes.


 

Castelo à beira de um lago com um cisne flutuando; cabra montesa em penhasco com montanhas ao fundo (© Gareth McCormack, © Viktor Posnov/Alamy)
À esquerda: Castelo de Ross, Parque Nacional de Killarney, Irlanda. À direita: cabra das Montanhas Rochosas, Montanha Bearhat no Parque Nacional das Geleiras, em Montana (© Gareth McCormack, © Viktor Posnov/Alamy)

Em 21 de março, os governos dos Estados Unidos e da Irlanda assinaram um acordo conjunto estabelecendo que os seguintes parques fazem parte do programa Parques Irmãos: o Parque Nacional das Geleiras, em Montana, e o Parque Nacional Killarney, no Condado de Kerry. Uma lenda irlandesa afirma que o construtor do Castelo de Ross, O’Donoghue Mór, jaz sob a superfície de um lago e acorda a cada sete anos para cavalgar em um cavalo branco ao redor do local. Embora não existam tais lendas para o Parque Nacional das Geleiras, ele abrange mais de 404 mil hectares e 130 lagos glaciais.


 

Bandeira dos EUA tremulando sobre a água com um prédio branco baixo à distância; edifício curvo e branco atrás de um muro com os nomes de várias pessoas em primeiro plano (© Carolyn Kaster/AP Images, © Emma Frater/Alamy)
À esquerda: heroísmo da Segunda Guerra Mundial no Pacífico, Pearl Harbor, no Havaí. À direita: muro de Boas-Vindas no Museu Marítimo Nacional da Austrália no Porto de Darling, em Sydney (© Carolyn Kaster/AP Images, © Emma Frater/Alamy)

O Memorial do USS Arizona, parte do Monumento Nacional ao Heroísmo da Segunda Guerra Mundial no Pacífico, em Oahu, Havaí, e o Museu Marítimo Nacional da Austrália, em Sydney, homenageiam os esforços navais de seus países. O governo dos EUA também patrocina uma galeria dentro do museu australiano.


 

Jacarés em águas pantanosas; onça-pintada no Pantanal (© Dennis MacDonald, © Andrey Gudkov/Alamy)
À esquerda: jacarés, Parque Nacional Everglades, Flórida. À direita: onça-pintada, Parque Nacional do Pantanal, Brasil (© Dennis MacDonald, © Andrey Gudkov/Alamy

O Parque Nacional Everglades, na Flórida, e o Parque Nacional do Pantanal, no Brasil, são áreas de preservação de zonas úmidas. Este último está localizado na região brasileira do Pantanal, um dos maiores ecossistemas de pântanos de água doce do mundo, enquanto o Parque Nacional Everglades protege 20% das zonas úmidas tropicais originais da Flórida e é a maior paisagem tropical dos Estados Unidos.


 

Passarela de madeira dentro de caverna; homem em um pequeno barco de pesca à noite com montanhas ao fundo (© Daniel Borzynski, © Bill Coster/Alamy)
À esquerda: Parque Nacional da Caverna dos Mamutes, Kentucky. À direita: pescador de corvo-marinho, local do Patrimônio Mundial do Carste do Sul da China, China (© Daniel Borzynski, © Bill Coster/Alamy)

O Parque Nacional da Caverna do Mamute, em Kentucky, tem parceria com o local do Patrimônio Mundial do Carste do Sul da China, na província de Guangxi. O local do Patrimônio Mundial do Carste do Sul da China se estende por 97.125 hectares e contém relevos cársticos significativos sistemas de drenagem subterrâneos formados pela dissolução gradual de rochas. Da mesma maneira, a Caverna do Mamute é o mais longo sistema de cavernas de que se tem conhecimento e abriga uma rica diversidade de fauna e flora.


 

Árvores e arbustos com vista para lago e montanhas; mesa de café da manhã e cadeiras do lado de fora de uma pequena casa com vista para uma floresta e um lago (© Spring Images, © Andreas von Einsiedel/Alamy)
À esquerda: Lago Roosevelt, no estado de Washington. À direita: fazenda com vista para Spioenkop, KwaZulu Natal, África do Sul (© Spring Images, © Andreas von Einsiedel/Alamy)

A Área de Recreação Nacional do Lago Roosevelt, no estado de Washington, é “irmã” da Reserva Natural Spioenkop, uma área protegida em KwaZulu-Natal, na África do Sul. A reserva Spioenkop tem 4.400 hectares de diversos hábitats ecológicos, enquanto o Lago Roosevelt está conectado à Represa Grand Coulee, uma usina hidrelétrica histórica.

* site em inglês