Não é segredo que os cidadãos precisam de informações sobre seus governos para que as autoridades sejam responsabilizadas por seus atos. As tecnologias de informação disponíveis hoje permitem que muitas pessoas ao redor do mundo façam exatamente isso. Os exemplos a seguir são apenas um começo:

1. Coloque câmeras na sala

O secretário Kerry fala diante das câmeras de TV sobre o acordo nuclear do Irã (C-SPAN)

A rede de rádio e TV a cabo C-SPAN* transmite ao vivo sessões do Congresso e outros procedimentos do governo. Em 2013, 47 milhões de americanos* sintonizavam na rede semanalmente e se sentiam mais dispostos a colaborar com as autoridades e contribuir ou trabalhar para uma campanha política.

2. Crie um espaço seguro para denúncias

Denunciantes podem sofrer perseguição por se manifestarem contra a corrupção (Departamento de Estado/Doug Thompson)

Onde os cidadãos podem denunciar más condutas do governo sem medo de retaliação? Na Libéria, telefones celulares e mensagens de textos são a resposta. Em fase de teste, uma nova linha de SMS para denúncias anônimas** permite que os liberianos monitorem e relatem qualquer má conduta da polícia. Os policiais, por sua vez, prometem rastrear, investigar e responder às denúncias.

Nos EUA, as leis do “delator” protegem funcionários que alertam o público sobre atividades ilegais ou impróprias no governo.

3. Fique de olho no dinheiro

Suborno é uma forma comum de corrupção (Kiwiev/Wikimedia Commons)

A ONU diz que US$ 1 trilhão é pago em subornos todos os anos*. Essa corrupção pode reduzir a economia de um país em até 17%! Como as pessoas podem combater isso? Um aplicativo de celular chamado Open the Books* tem o objetivo de colocar “cada centavo que o governo [dos EUA] gasta — em todos os níveis — na internet, em tempo real”, inclusive os salários das autoridades. Os usuários do aplicativo logo descobriram — e divulgaram — que o salário de um tesoureiro de uma escola de um distrito de Illinois misteriosamente saltou*  de US$ 163 mil para US$ 295 mil em um ano. O tesoureiro agora está cumprindo pena de nove anos de prisão.

4. Exija acesso a documentos do governo

Arquivos governamentais podem validar o que as autoridades públicas dizem ou provar que elas mentiram (© AP Images)

Os cidadãos podem responsabilizar as autoridades sem usar smartphones e outras novas tecnologias. Às vezes, a melhor técnica é simplesmente fazer as autoridades divulgarem tudo o que elas fazem. Muitos países exigem uma divulgação periódica de documentos do governo. Nos EUA, a Lei de Liberdade da Informação*** (Foia, na sigla em inglês), permite que quase qualquer pessoa — nem precisa ser cidadão americano — abra petições em cerca de 100 agências do governo para liberar documentos impressos ou eletrônicos. Há poucos anos atrás, essas agências receberam mais de 700 mil pedidos de documentos.

Os EUA e 74 outros países estão trabalhando para promover a transparência e combater a corrupção através da Parceria para Governo Aberto*. Veja se o seu país faz parte dessa campanha global.

Só depende de você

A ONG Transparência Internacional oferece um kit anticorrupção* para ajudar você a responsabilizar seu governo. Se você se deparasse com algo questionável, você compartilharia em um blog, escreveria uma carta para um jornal local ou procuraria uma maneira mais original de aumentar a conscientização?

* site em inglês
** site em inglês e francês
*** site em inglês e espanhol