Recompensa de até US$ 10 milhões por informações sobre o Hezbollah

Os Estados Unidos estão oferecendo uma recompensa de até US$ 10 milhões por informações que ajudem a interromper as operações financeiras da organização terrorista global libanesa Hezbollah.

"Detalhes sobre oferta de recompensa e informações de contato nas laterais de um globo contendo um cifrão de dólar (Depto. de Estado)

O Departamento de Estado dos EUA oferece recompensas, através do programa “Recompensas por Justiça”, a fim de levar terroristas à justiça e prevenir atos de terrorismo internacional contra americanos. Desde que o programa começou em 1984, o governo americano pagou mais de US$ 150 milhões a mais de cem pessoas que forneceram informações que resultaram em processos penais bem-sucedidos ou impediram atos de terrorismo em todo o mundo.

Especificamente, os EUA estão buscando informações que ajudem a identificar as seguintes atividades do Hezbollah:

  • Fontes de receita, incluindo os principais doadores.
  • Bancos ou instituições usados para realizar transações.
  • Negócios ou investimentos.
  • Esquemas criminosos para lavagem de dinheiro.
  • Empresas de fachada que adquirem tecnologia que pode ser usada para armas.

O Hezbollah é uma organização terrorista com sede no Líbano que recebe armas, treinamento e dinheiro do Irã. O Hezbollah gera receita a partir de uma combinação de apoio advindo do Irã, de empresas e investimentos internacionais, de uma rede de doadores e de atividades de lavagem de dinheiro.

Estas três pessoas físicas são os principais exemplos de financiadores ou facilitadores centrais do Hezbollah que os Estados Unidos designaram como “Terroristas Globais Especialmente Designados”:

Adham Tabaja: membro do Hezbollah que realiza negócios em todo o Oriente Médio e na África Ocidental em nome dessa organização terrorista.

Mohammad Ibrahim Bazzi: financiador-chave do Hezbollah que forneceu milhões de dólares para essa organização terrorista gerados a partir de suas atividades comerciais na Europa, no Oriente Médio e na África.

Ali Youssef Charara: financiador-chave do Hezbollah que recebeu milhões de dólares do Hezbollah a fim de investir em projetos comerciais que apoiam financeiramente o grupo terrorista.

Mais informações sobre essas ofertas de recompensa estão localizadas no site do Rewards for Justice (Recompensas por Justiça, em tradução livre) em www.rewardsforjustice.net*  ou por e-mail ([email protected]).

* site em inglês com opção de tradução automática para outros quatro idiomas