Os Estados Unidos e aliados europeus permanecem firmes em seu apoio à independência* e à soberania da Ucrânia.

Consulte-nos novamente para obter atualizações periódicas aqui.

Países do Pacífico apoiam a Ucrânia [11 de maio de 2022]
Numerosas nações do Pacífico estão enviando ajuda humanitária ou militar para a Ucrânia em resposta à agressão do presidente russo, Vladimir Putin.

Alt/tag: Pessoas dispondo caixas em estrados (© Serhii Hudak/Ukrinform/Future Publishing/Getty Images)
Voluntários separam ajuda humanitária de países como Coreia do Sul, em 24 de março, em Uzhhorod, Ucrânia (© Serhii Hudak/Ukrinform/Future Publishing/Getty Images)

Vizinhos da Ucrânia dão apoio a refugiados [galeria de fotos] [10 de maio de 2022]

Milhões de pessoas forçadas a deixar suas casas em decorrência da guerra de Vladimir Putin contra a Ucrânia estão encontrando esperança e ajuda de países vizinhos.

Criança com os braços estendidos segurando um cobertor e correndo para os braços de um homem em uma estação de trem (© Christopher Furlong/Getty Images)
Uma criança refugiada que foge da Ucrânia é recebida por um parente que a espera em uma estação de trem em 17 de março em Záhony, Hungria (© Christopher Furlong/Getty Images)

Rostos da propaganda do Kremlin: Dimitri Peskov [9 de maio de 2022]

Este artigo, que faz parte de uma série sobre os principais agentes das campanhas de desinformação da Rússia, examina Dimitri Peskov, porta-voz de Vladimir Putin. Peskov vive uma vida de luxo enquanto dissemina desinformação. 

Ilustração de homem de bigode com chave de dar corda nas costas e bandeira russa ao fundo (Depto. de Estado/M. Gregory. Imagens: © AtlasbyAtlas Studio/Shutterstock.com)
(Depto. de Estado/M. Gregory)

Comemorando o Dia da Vitória na Europa de 1945 durante a guerra de 2022 [5 de maio de 2022] 

Na Segunda Guerra Mundial, soldados pertencentes a uma minoria étnica ucraniana lutaram no Exército Vermelho ao lado de soldados russos. Veja como Vladimir Putin distorce a história.

Multidão exultante agitando bandeiras dos EUA e da Grã-Bretanha em uma rua (© AP Images)
Pessoas se reúnem em Londres em 7 de maio de 1945 para ouvir o anúncio da rendição total da Alemanha (© AP Images)

Rostos da propaganda do Kremlin: Vladimir Solovyov [3 de maio de 2022]

Este artigo, que faz parte de uma série sobre os principais agentes das campanhas de desinformação da Rússia, examina o radialista russo Vladimir Solovyov.

Ilustração de homem com chave de dar corda nas costas e bandeira russa ao fundo (Depto. de Estado/M. Gregory. Imagens: © AtlasbyAtlas Studio/Shutterstock.com)
(Depto. de Estado/M. Gregory)

Países expulsam diplomatas russos em protesto contra a invasão da Ucrânia [2 de maio de 2022]

Nações estão expulsando diplomatas russos para protestar contra a invasão da Ucrânia. Saiba quais países estão adotando essa abordagem.

Ilustração de homens de terno carregando pastas com o desenho da bandeira russa (Depto. de Estado/D. Thompson)
(Depto. de Estado/D. Thompson)

Rússia usa recrutas para guerra na Ucrânia [27 de abril de 2022]

A Rússia conta com soldados recrutas, muitos de fora da Rússia, a fim de se juntarem à luta contra a Ucrânia. Muitos soldados não estão preparados para o combate.

Jovens em uniforme militar (© Musa Sadulayev/AP Images)
Nesta foto de 2014, recrutas estão em um escritório de recrutamento militar em Grozny, capital da província da Chechênia, na Rússia. O Kremlin conta com recrutas na Ucrânia (© Musa Sadulayev/AP Images)

Décadas depois de Chernobyl, ucranianos protegem instalações nucleares [25 de abril de 2022]

Ucranianos valentes evitaram um desastre potencialmente muito maior em Chernobyl em 1986. Os ucranianos novamente se apressam para proteger as instalações nucleares.

(Depto. de Estado/M. Gregory)
Memorial de Chernobyl (Depto. de Estado/M. Gregory. Foto: © SSvyat/Shutterstock.com)

Guerra de Putin faz disparar os preços dos alimentos no mundo inteiro [25 de abril de 2022]

A guerra do Kremlin contra a Ucrânia, grande produtora de trigo e óleo vegetal, está atrapalhando o comércio e aumentando os preços dos alimentos na esfera global.

Mulher em uma propriedade rural olhando para animais mortos (© Celestino Arce/NurPhoto/Getty Images)
Uma agricultora em Kharkiv, Ucrânia, olha para carcaças de gado após um bombardeio militar russo. A guerra do presidente russo, Vladimir Putin, está destruindo propriedades rurais na Ucrânia, espalhando ondas de choques nos mercados globais de alimentos (© Celestino Arce/NurPhoto/Getty Images)

Bombardeio da Rússia na Ucrânia evoca a Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial [19 de abril de 2022]

Saiba como o bombardeio russo de cidades ucranianas é assustadoramente semelhante à invasão a Leningrado feita pela Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial.

(Depto. de Estado/M. Gregory. Fotos: © Picture Post/Arquivo Hulton/Getty Images e © Evgeniy Maloletka/AP Images)
Gráfico com duas fotos de mulheres segurando crianças (Depto. de Estado/M. Gregory)

Venenos de Putin: o ataque de 2020 a Aleksey Navalny [18 de abril de 2022]

Este artigo, que faz parte de uma série sobre o papel do Kremlin em ataques químicos contra civis, analisa o envenenamento do ativista Aleksey Navalny.

Esboço das tentativas do governo russo de negar responsabilidade pelo envenenamento de Aleksey Navalny, mapa da Rússia (Imagens: © Arafat Uddin/thenounproject.com; © bioraven/Shutterstock.com)
Caption: (Depto. de Estado)

EUA chamam a atenção para violações dos direitos humanos em todo o mundo [15 de abril de 2022]

O Departamento de Estado divulgou seu Relatório sobre Direitos Humanos de 2021, que informa os esforços visando evitar violações em todo o mundo.

Em frente ao prédio danificado, equipe de resgate carrega umamulher grávida em uma maca (© Evgeniy Maloletka/AP Images)
Funcionários e voluntários de emergência ucranianos retiram uma mulher grávida ferida de uma maternidade danificada pelo bombardeio de 9 de março em Mariupol, Ucrânia (© Evgeniy Maloletka/AP Images)

Análise de um vídeo falso do Kremlin usado para justificar guerra com a Ucrânia [13 de abril de 2022]

Indícios sugerem que a Rússia usou um incidente simulado abominável para justificar sua nova invasão em larga escala da Ucrânia em 24 de fevereiro.

Animação com contagem regressiva estilo filme antigo de carro carbonizado sob lupa (Depto. de Estado/M. Gregory. Imagens: © Mikhail Grachikov, © Sergieiev e © Pavlo S, todas da Shutterstock.com)
(Depto. de Estado/M. Gregory)

Atletas demonstram seu apoio à Ucrânia (galeria de fotos) [12 de abril de 2022]

Desde o uso das cores azul e amarelo da Ucrânia até minutos de silêncio, veja as várias maneiras das quais atletas estão ao lado da Ucrânia.

Jogadores de futebol fazendo fila sob um cartaz com os dizeres 'o futebol está unido' (© Rebecca Naden/Action Images/Reuters)
Jogadores profissionais de futebol das equipes britânicas do Aston Villa e do Southampton fazem uma pausa em apoio à Ucrânia antes da partida da Primeira Liga em 5 de março em Birmingham, Inglaterra (© Rebecca Naden/Action Images/Reuters)

Venenos de Putin: o ataque de 2018 a Sergei Skripal

Este artigo faz parte de uma série que analisa a desinformação do governo russo em relação à sua tentativa de matar um ex-agente de inteligência.

Gráfico descrevendo os esforços de desinformação do governo russo sobre envenenamentos de Sergei Skripal e sua filha. E mapa mostrando onde ocorreram os envenenamentos dos Skripal no Reino Unido (Imagem: © Arafat Uddin/thenounproject.com)
(Depto. de Estado/M. Gregory)

Quatro artistas, um americano e três ucranianas, apoiam a Ucrânia no Grammy [7 de abril de 2022]

Em 3 de abril, durante a cerimônia da 64ª edição do Grammy, o cantor americano John Legend se apresentou com três artistas ucranianas para apoiar a Ucrânia.

Mika Newton, John Legend e Siuzanna Iglidan, vestidos de azul e amarelo, se apresentam no palco (© Matt Winkelmeyer/Getty Images)
A cantora ucraniana americana Siuzanna Iglidan (à direita) e a cantora Mika Newton (à esquerda) se juntam ao artista americano John Legend durante a 64ª edição do prêmio Grammy em Las Vegas, em 3 de abril (© Matt Winkelmeyer/Getty Images)

RT e Sputnik: cinco curiosidades [6 de abril de 2022]

A RT e a Sputnik têm sido notícia ultimamente. Saiba mais sobre esses dois meios de comunicação russos que se autodenominam jornalismo.

Gráfico de TV antiga vermelha com torres do Kremlin no lugar de antena, com lista de cinco fatos (Depto. de Estado/M. Gregory. Foto: © James Steidl/Shutterstock.com)
(Depto. de Estado/M. Gregory)

Comunidades dos EUA se mobilizam em apoio a estudantes de intercâmbio [5 de abril de 2022]

Quatro estudantes ucranianas estão passando o ano letivo nos EUA. Descubra como elas estão se adaptando, já que sua terra natal está em guerra.

Duas meninas ao lado de uma mesa com girassóis (© Connie Leinbach/Ocracoke Observer)
Sonya Voitenko, à direita, estudante de intercâmbio ucraniana na Carolina do Norte, em uma campanha de arrecadação de fundos realizada em março para sua família na Ucrânia (© Connie Leinbach/Ocracoke Observer)

Venenos de Putin: o ataque com sarin em 2017 na Síria [4 de abril de 2022]

Este artigo faz parte de uma série sobre o papel que a Rússia tem desempenhado em ataques químicos contra civis em todo o mundo. E analisa o ataque usando sarin na Síria em 2017.

Gráfico descrevendo os esforços de Putin para negar o ataque com gás sarin em Khan Shaykhun. Contém também o mapa da Síria e uma imagem de uma máscara de gás (Depto. de Estado/M. Gregory Imagem: © Rashad Ashur/Shutterstock.com)
(Depto. de Estado/M. Gregory)

Este artigo é atualizado periodicamente a cada mês e publicado em segmentos. Veja as atualizações de fevereiro e março de 2022.