Usando a dissuasão para tornar o mundo mais seguro

Pompeo (à direita) sentado em uma cadeira conversando com Condoleezza Rice (Departamento de Estado/Ron Przysucha)
O secretário de Estado, Michael R. Pompeo, conversa com a ex-secretária de Estado Condoleezza Rice na Universidade de Stanford, na Califórnia, em 13 de janeiro [Departamento de Estado/Ron Przysucha)

Os EUA estão liderando uma campanha internacional para restaurar a dissuasão contra o regime iraniano e outras nações agressivas que buscam expandir seu alcance global.

A dissuasão “requer credibilidade; de fato, depende disso”, disse o secretário de Estado dos EUA, Michael R. Pompeo, ao Instituto Hoover*, think tank de políticas públicas da Universidade de Stanford, na Califórnia, em 13 de janeiro.“ Seu adversário deve entender não apenas que vocês têm a capacidade de impor custos, mas que, de fato, estão dispostos a fazê-lo.”

O ataque de drones dos EUA em 2 de janeiro que matou Qassem Soleimani, comandante da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã–Força Quds (IRGC-QF), é um exemplo recente de dissuasão dos EUA. Soleimani exportou terrorismo para todo o mundo e causou milhares de mortes. Ele também estava por trás do ataque de 31 de dezembro à Embaixada dos EUA em Bagdá.

Não há nenhum terrorista exceto Osama bin Laden que tenha mais sangue americano em suas mãos do que Qasem Soleimani”, disse o secretário. Ele acrescentou que o mundo é mais seguro sem o risco que Soleimani representa.

“There is no terrorist except Osama bin Laden who has more American blood on his hands than did Qassem Soleimani,” the secretary said. He added that the world is safer without the risk Soleimani posed.

Dissuadir o regime iraniano

Pompeo disse que os EUA implementaram uma campanha de isolamento diplomático, pressão econômica e dissuasão militar. O objetivo é privar o regime iraniano de bilhões de dólares destinados a perpetrar o terrorismo, e incentivar o Irã a se comportar “como uma nação normal”.

Outras nações se uniram aos EUA na tentativa de impedir a agressão do regime iraniano, disse o secretário, observando:

Dissuasão é necessária em todos os lugares

Os esforços para restaurar a dissuasão se estendem além do Irã a outros regimes, disse Pompeo, apresentando vários exemplos:

* site em inglês