Vestido da posse indica estilo da primeira-dama [vídeo]

239

O vestido usado pela primeira-dama na posse dá uma dica inicial sobre seu senso de moda e ao longo dos séculos ajudou a indicar o tom que o novo governo pode adotar.

Vestido de baile branco acinzentado, vintage e trabalhado (Museu Nacional de História Americana, Instituto Smithsoniano)
O vestido de cetim de seda usado por Dolley Madison é típico do estilo do fim dos anos 1810 (Instituto Smithsoniano)

O papel da primeira-dama não é claramente definido pela legislação americana, e cada esposa presidencial tem traçado seu próprio caminho para o seu período na Casa Branca. As festividades da posse, incluindo os bailes oficiais com danças, costumam ser uma maneira de a primeira-dama fazer sua estreia para a nação.

No primeiro baile de posse, em 1809, a esposa do presidente James Madison, Dolley Madison, criou um precedente ao escolher um traje americano — vestido de veludo amarelo e joias de pérola — em vez de usar diamantes como uma rainha.

“Ela criou deliberadamente um guarda-roupa americano, um estilo americano, que era apropriado” para o seu tempo e cultura e desdenhava a realeza, disse Jane Hampton Cook, escritora e historiadora presidencial.

Espera-se que Melania Trump, ex-modelo, tenha uma marca forte com a moda. De origem eslovena, Melania será a segunda primeira-dama nascida no exterior, depois de Louisa Adams, nascida em Londres, e é provável que leve arte e glamour para a Casa Branca, disse Jane Cook.

Mulher com vestido branco acena (© AP Images)
A ex-modelo Melania Trump deverá levar glamour para a Casa Branca (© AP Images)

“Ela tem uma posição única por ter sido modelo; portanto, entende muito bem de moda e como usá-la para criar uma determinada imagem”, disse Jane.

As primeiras-damas atuam como anfitriãs oficiais do governo presidencial. Muitas também adotaram projetos especiais ou causas filantrópicas para promover durante seu período na Casa Branca.

Por que nos interessamos tanto pelo que a primeira-dama veste?

“Temos um interesse particular na primeira-dama. Ela nos pertence e nos representa; portanto, sentimos que temos direito de decidir se está apropriada”, disse Lisa Kathleen Graddy, vice-presidente e curadora da Divisão de História Política do Museu Nacional de História Americana do Instituto Smithsoniano.

O museu apresenta uma coleção popular dos vestidos das primeiras-damas em uma exposição sobre a evolução do papel da primeira-dama. Normalmente as primeiras-damas doam o vestido da posse para o museu.

“Damos atenção especial a esse vestido para ter uma ideia se ela vai ser formal, informal, moderna, clássica, glamorosa e o que ele pode dizer sobre como será o próximo governo”, disse Lisa Graddy.

Quando a primeira-dama Nancy Reagan usou um vestido glamoroso, enfeitado com contas, de um ombro, no baile da posse em 1981, sabíamos que o governo Reagan seria mais formal do que o governo de Jimmy Carter, que era mais conscientemente casual, disse Lisa.

Rosalynn Carter usou no baile da posse um vestido que havia usado anteriormente no baile da posse de seu marido como governador da Geórgia, sendo uma opção sentimental usá-lo novamente, disse Lisa. Rosalynn ficou surpresa com a desconfiança de algumas pessoas, que esperavam que ela promovesse a moda americana escolhendo um novo modelo, disse Lisa.

Criança ladeada por mulher e homem (© AP Images)
A primeira-dama Rosalynn Carter (esquerda), sua filha Amy e o presidente Jimmy Carter no baile da posse em 1977 (© AP Images)

O museu enviará uma carta no início de 2017 a Melania Trump solicitando um vestido para representá-la na coleção.

“Vamos lembrá-la que a fascinação do público pelos vestidos das posses não tem fim”, disse Graddy. “Quando o vestido chega aqui, nós o manuseamos com luvas brancas e protocolos definidos sobre como ele pode e não pode ser manuseado. Trata-se de um tesouro nacional ao chegar aqui.”

Este artigo foi escrito pela redatora freelancer Kathleen Murphy.